Patologia Bucal

Patologia Bucal, Exame Semiológico, Histopatologia, Citologia
Disponível nas Unidades: Cuiabá-MT, Nova Mutum-MT, Sinop-MT

Citologia

A citologia, também chamada de citologia esfoliativa ou esfregaço, é um exame extremamente útil, fácil de fazer e não tem nenhuma contra-indicação. Muitos casos de câncer de boca e outras lesões graves poderiam ser diagnosticados em estágio precoce se esse exame fosse mais utilizado pelos dentistas.

O principal tipo de câncer de boca, o carcinoma epidermóide, por exemplo, é um desses casos. No início do seu desenvolvimento, esse câncer é muito parecido com alterações inflamatórias simples que acontecem na boca como doenças gengivais ou periodontais. A citologia permite que se diferencie o carcinoma epidermóide de outras lesões inflamatórias. Para não ter nenhuma surpresa, o ideal é fazer a citologia esfoliativa em qualquer inflamação que o paciente apresente na boca.

Para fazer esse exame, o dentista precisa ter apenas uma espátula de madeira e uma lâmina de vidro. Com a espátula de madeira umedecida deve-se fazer a raspagem da área onde se quer investigar. Depois, espalha-se o material colhido na lâmina de vidro. A lâmina de vidro deve ser colocada em um frasco com álcool absoluto e enviada para o serviço de Patologia do CROIF.

Exame Semiológico

O Exame Semiológico de Lesões é feito pelo serviço de Patologia do CROIF para atender pacientes, encaminhados pelos colegas, com lesões na região bucomaxilofacial. Após o atendimento do paciente, é emitido um laudo clínico com as características da lesão, hipóteses de diagnóstico, conduta a ser realizada e a melhor forma de tratamento.

Histopatológia

O exame histopatológico é a análise microscópica dos tecidos que são removidas dos pacientes quando é feita uma biópsia. Qualquer tecido que é removido do paciente deve ser enviado para o laboratório de patologia. Mesmo lesões que possam parecer sem importância. A rotina de nosso laboratório mostra que muitas lesões que são consideradas simples e sem importância, no exame histopatológico se revelam sérias, muitas vezes agressivas, que precisam de um tratamento específico e acompanhamento rigoroso.

No laboratório de patologia bucal e maxilofacial do CROIF os exames são analisados por dentistas patologistas. Assim os laudos de lesões da região bucomaxilofacial são mais detalhados e os diagnósticos específicos o que facilita o tratamento.

Quando é realizada uma biópsia, o material colhido deve ser armazenado em formol a 10%. O CROIF fornece os frascos com formol a 10% e as fichas de biópsia. Basta ligar no CROIF Cuiabá e solicitar o serviço, que é oferecido para as clínicas em qualquer região do estado.

Em Cuiabá e Várzea Grande, as biópsias podem ser recolhidas pelo CROIF nas clínicas.

Outros Serviços